8 de Maio de 2008 / às 00:19 / 9 anos atrás

ENTREVISTA-Aos 63 anos, Rod Stewart está longe de aposentadoria

Por Bob Burgdorfer

CHICAGO (Reuters) - O roqueiro Rod Stewart está com 63 anos de idade, mas longe de se aposentar. O músico estuda uma lista de projetos para o futuro, que incluem um filme, um álbum de R&B e talvez até mesmo uma investida na música country.

"Eu adoraria fazer um filme, apenas para ficar para a posteridade", disse Stewart à Reuters antes da turnê por 18 cidades norte-americanas que está prestes a começar.

Por enquanto, porém, um projeto de filme -- como o documentário "Shine a Light", sobre os Rolling Stones, lançado recentemente por Martin Scorsese -- não está previsto porque simplesmente ninguém ainda lhe fez a proposta, diz Stewart.

A carreira do roqueiro data de 1964 e inclui um prêmio Grammy, a honra maior da indústria musical norte-americana, e sua inclusão no Hall da Fama do Rock'n'Roll, em 1994. Ele já vendeu milhões de discos com sucessos como "Maggie May" e "Tonight's the Night".

Como os Rolling Stones, Aerosmith e alguns outros roqueiros dos anos 1960 e 1970, Stewart conseguiu fazer sua carreira avançar no século 21. Sua turnê norte-americana, que começa na Califórnia em junho, é a primeira nos EUA em dois anos.

Stewart disse que pretende continuar a cantar até os 70 anos. "Adoro esse trabalho. Acho que eu sentiria falta dele", explicou.

Mas a idade e sua família -- Stewart tem mulher, Penny, e seis filhos, com idades entre 2 e 27 -- roubam tempo de seu trabalho. O músico disse que, diferentemente de outros artistas que passam meses a fio na estrada, ele prefere apresentar-se por algumas semanas, retornar para casa por um mês e depois voltar à estrada.

Boa parte de seu sucesso mais recente é graças ao "Great American Songbook", uma série de regravações de clássicos das décadas de 1930 e 1940, lançada entre 2002 e 2005 e que já vendeu 15 milhões de cópias.

O álbum "Still the Same ... Great Rock Classics of Our Time" o trouxe cantando músicas de Bob Dylan, John Fogerty, Bob Seger, Van Morrison e outros.

Apesar desse álbum ainda estar vendendo bem, Stewart disse que não parou de compor suas próprias canções e aventurar-se em direções novas.

Ele afirmou que gostaria de fazer "um quinto e último 'American Songbook"'.

Ron Wood, guitarrista dos Rolling Stones e ex-integrante da banda de rock dos anos 1970 Faces, da qual Rod Stewart era o vocalista, já disse que gostaria de reformar a banda. Stewart não exclui essa possibilidade.

Ao passar os olhos pela safra atual de jovens artistas, Stewart disse que vê alguns talentos, como a banda canadense Arcade Fire e os britânicos do Kasabian.

"Minha filha me levou para vê-los no Hollywood Bowl. Acho que são uma das melhores bandas que já vi", disse Stewart. "E há uma banda britânica realmente boa chamada Kasabian."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below