Pai de garoto do Malauí apóia adoção por Madonna

segunda-feira, 12 de maio de 2008 15:49 BRT
 

Por Mabvuto Banda

LIPUNGA, Malauí (Reuters) - O pai de um menino malauiano que Madonna quer adotar declarou na segunda-feira que é favorável à adoção, mas quer que a popstar americana traga seu filho de volta para visitas.

Madonna deverá comparecer diante de um tribunal do Malauí na quinta-feira para ouvir a decisão judicial final sobre sua adoção de David Banda, que se prevê seja favorável a ela. A cantora deve chegar ao país do sul da África na terça-feira.

A diva pop iniciou os procedimentos de adoção em 2006, e desde então o garoto de 2 anos vive com ela e seu marido, o cineasta Guy Ritchie, em Londres.

A adoção vem suscitando polêmica. Críticos acusam o governo de infringir leis que proíbem pessoas não residentes no Malauí de adotar crianças do país, devastado por uma epidemia de Aids que já deixou mais de 1 milhão de órfãos.

O governo do Malauí recomendou que sua Alta Corte aprove a adoção.

"Não tenho problemas com a recomendação do governo de autorizar Madonna a ficar com o menino. Era o que eu queria -- que Madonna ficasse com ele", disse o pai de David, Yohane Banda, à Reuters Television em entrevista.

Um dos maiores críticos no Malauí da adoção por Madonna, o Comitê Consultivo de Direitos Humanos, disse na segunda-feira que não está mais interessado em levar o caso adiante, removendo mais um obstáculo à adoção.

"Será uma perda de tempo e recursos levar este caso adiante. O Malauí tem problemas mais urgentes que Madonna", disse à Reuters o presidente da organização, Udule Mwakasungura.   Continuação...