Vídeo faz prostituta pivô de escândalo em NY perder US$1 milhão

quarta-feira, 19 de março de 2008 11:20 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A prostituta Ashley Alexandra Dupre, pivô do escândalo que derrubou o governador de Nova York Elliot Spitzer, viu o preço da sua repentina fama cair em 1 milhão de dólares na terça-feira, por causa do surgimento de velhos vídeos sensuais.

A distribuidora de filmes eróticos "Girls Gone Wild" descobriu em seus arquivos vídeos em que Dupre, agora com 22 anos, aparece seminua, e pretende vendê-los em seu site, segundo um funcionário.

A "Girls Gone Wild" havia oferecido 1 milhão de dólares para que Dupre posasse nua numa revista ainda a ser lançada, mas voltou atrás após descobrir o material antigo.

Spitzer renunciou na semana passada ao governo de Nova York depois da revelação de que ele havia se envolvido com prostitutas de luxo em Washington.

Uma equipe da "Girls Gone Wild" encontrou Dupre em 2003 em Miami e passou uma semana gravando vídeos dela, segundo o funcionário da distribuidora.

(Reportagem de Bob Tourtellotte)

 
<p>Ashley Alexandra Dupre,  vulgo 'Kristen', a prostituta piv&ocirc; do caso Eliot Spitzer. Photo by Reuters (Handout)</p>