Ian Fleming, criador de James Bond, ganha exposição em Londres

quarta-feira, 16 de abril de 2008 13:07 BRT
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - Ian Fleming pode não ter ludibriado a morte, seduzido inúmeras mulheres e matado incontáveis vilões, mas foi sua experiência no mundo tenebroso da espionagem na 2a Guerra Mundial que inspirou o agente 007, protagonista de seus best-sellers.

"For Your Eyes Only" é o título da primeira grande exposição dedicada ao escritor britânico, coincidindo com o centenário de seu nascimento. A mostra será aberta na quinta-feira no Museu Imperial de Guerra de Londres e ficará até 1o de março de 2009.

Estão na exposição a escrivaninha da casa de Ian Fleming na Jamaica, onde ele escreveu seus livros sobre James Bond, uma jaqueta que usou durante um ataque de forças britânicas num porto francês em 1942, vários manuscritos de romances sobre Bond e acessórios da franquia de filmes.

A exposição procura explicar como um homem nascido num mundo de privilégios e com fama de playboy mudou de vida ao tornar-se oficial da inteligência naval durante a 2o Guerra Mundial.

O curador da exposição, Terry Charman, disse: "Na exposição, mostramos que a 2a Guerra Mundial conferiu a Fleming um sentido de objetivo na vida que ele antes não tinha."

"Por mais que os romances sobre Bond possam ser ambientados na Guerra Fria, o fato é que quase todos têm suas raízes na 2a Guerra Mundial."

O pai de Ian Fleming morreu durante a 1a Guerra Mundial, quando o futuro escritor tinha 8 anos. Fleming estudou em Eton e entrou para as Forças Armadas, que teve que deixar devido a um escândalo. Em seguida, foi à Austria estudar idiomas.

Em 1931, ele se tornou jornalista na Reuters. Sua sobrinha Kate Grimond disse que esse trabalho teve papel importante em seu sucesso posterior como escritor.   Continuação...

 
<p>Mulher observa cole&ccedil;&atilde;o de originais da s&eacute;rie 007, escritos por Ian Flemingem Londres. Fleming pode n&atilde;o ter, seduzido in&uacute;meras mulheres e matado incont&aacute;veis vil&otilde;es, mas foi sua experi&ecirc;ncia no mundo da espionagem na 2a Guerra Mundial que inspirou o agente 007. Photo by Stephen Hird</p>