Angelina Jolie pede mais apoio para refugiados iraquianos

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008 13:45 BRST
 

Por Paul Tait

BAGDÁ (Reuters) - A atriz e ativista Angelina Jolie lançou um apelo nesta quinta-feira por mais ajuda internacional para os milhões de iraquianos refugiados dentro de seu país e fora dele.

Jolie, que é embaixadora da boa vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), reuniu-se com representantes da ONU, da embaixada e das forças armadas dos Estados Unidos na fortemente protegida Zona Verde, no centro de Bagdá.

"Ela está aqui em sua função oficial para conversar com representantes do governo, das forças armadas e da ONU sobre os refugiados e os deslocados internos iraquianos", disse à Reuters o enviado da ONU a Bagdá, Staffan de Mistura.

A estrela já havia visitado o Iraque em agosto passado, quando foi a um acampamento improvisado para pessoas internamente deslocadas e encontrou refugiados iraquianos em Damasco, capital da vizinha Síria.

"Há mais de dois milhões de deslocados internos, e não parece existir um plano coerente para ajudá-los", disse Jolie à CNN. "Há boa vontade e muita discussão, mas parece que, no momento, tudo não passa de conversa, e que muitas peças ainda precisam ser juntadas."

O Crescente Vermelho iraquiano estima que entre 1,5 milhão e dois milhões de iraquianos fugiram para a Síria, enquanto a maioria dos outros foi para a Jordânia. Há um número aproximadamente igual de iraquianos deslocados dentro de seu próprio país.

"Fiquei muito impressionado pelo fato de ela (Angelina Jolie) ser extremamente bem informada sobre a situação dos refugiados no Iraque e fora do Iraque", disse De Mistura depois de reunir-se com a atriz por cerca de 30 minutos.

 
<p>Angelina Jolie pede mais apoio para refugiados iraquianos. A atriz e ativista Angelina Jolie lan&ccedil;ou um apelo nesta quinta-feira por mais ajuda internacional para os milh&otilde;es de iraquianos refugiados dentro de seu pa&iacute;s e fora dele. 7 de fevereiro. Photo by Phil Klein</p>