"Onde os Fracos Não Têm Vez" arrebata prêmios do Critics Choice

terça-feira, 8 de janeiro de 2008 10:54 BRST
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - "Onde os Fracos Não Têm Vez", thriller sobre um assassino que abre uma trilha de destruição atravessando o Texas, foi considerado o melhor filme pelo Critics Choice Awards, na segunda-feira, deixando para trás filmes antes vistos como favoritos, como "Na Natureza Selvagem" e "Juno".

"Fracos" também valeu o prêmio de direção aos irmãos Joel e Ethan Coen, e o espanhol Javier Bardem foi considerado o melhor ator coadjuvante pelo papel do assassino frio que encontra uma maneira inusitada de dar cabo a suas vítimas.

O britânico Daniel Day-Lewis ficou com o troféu de melhor ator pelo papel de explorador petrolífero em "Sangue Negro", e sua compatriota Julie Christie ganhou o de melhor atriz por representar uma vítima do mal de Alzheimer em "Longe Dela". Amy Ryan foi considerada a melhor atriz coadjuvante por "Medo da Verdade", em que faz a mãe de uma criança desaparecida.

O Critics Choice Awards tem um histórico invejável na previsão do Oscar. Nos últimos 12 anos, metade dos ganhadores de seus troféus de atuação e melhor filme e 75 por cento dos premiados como melhores diretores acabaram por receber também o Oscar nas categorias correspondentes.

Transmitido pelo canal a cabo VH1, o evento é organizado pela Associação dos Críticos de Cinema, que reúne mais de 200 críticos de cinema da televisão, rádio e Internet nos EUA e Canadá.

A saga "Na Natureza Selvagem", de Sean Penn, não recebeu prêmio algum, apesar de ter recebido mais indicações que qualquer outro filme: sete. A comédia sobre gravidez adolescente "Juno", que teve seis indicações, acabou somente com o troféu de melhor roteirista (Diablo Cody) e melhor comédia.

Em outras categorias, o drama francês "O Escafandro e a Borboleta" foi premiado como melhor filme em língua estrangeira, e o troféu de melhor documentário ficou com "S.O.S. Saúde" (Sicko), de Michael Moore.

Um dos maiores sucessos de bilheteria do ano, "Ratatouille", foi considerado o melhor longa-metragem animado, e "Encantada", o melhor filme para o público familiar.

Os prêmios do Oscar serão entregues pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas no dia 24 de fevereiro.