Paul McCartney deve se recuperar totalmente de infecção viral, diz porta-voz

quinta-feira, 22 de maio de 2014 20:09 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O ex-Beatle Paul McCartney, que cancelou uma série de apresentações no Japão e na Coreia do Sul, deve se recuperar totalmente depois de ser tratado de uma infecção viral, disse uma porta-voz do músico britânico nesta quinta-feira.

McCartney, de 71 anos, adiou dois shows em Tóquio no começo desta semana por causa da doença, e nesta quinta-feira cancelou mais shows marcados no Japão ainda nesta semana e na Coreia do Sul na semana que vem.

“Desde que contraiu um vírus na semana passada, que levou ao adiamento das datas da turnê, Paul recebeu um tratamento médico bem-sucedido em um hospital de Tóquio”, de acordo com uma declaração de sua porta-voz. Perri Cohen.

“Ele terá uma recuperação completa e recebeu ordens de descansar durante alguns dias. Paul ficou imensamente comovido com todas as mensagens e desejos de recuperação que recebeu de fãs de todo o mundo”, acrescentou.

Não foram divulgados mais detalhes de imediato.

McCartney, que raramente cancela apresentações, declarou em um comunicado nesta semana que odeia decepcionar os seus fãs. Ele foi ao Japão depois de uma turnê pela América do Sul.

McCartney e o baterista Ringo Starr são os dois únicos membros sobreviventes dos Beatles, que terminaram em 1970.

Nativo de Liverpool e praticamente autodidata na música, Paul também é reconhecido por uma carreira longa e versátil, que incluiu um período na banda Wings depois dos Beatles e uma carreira solo de grande sucesso.

(Por Patricia Reaney, em Nova York; de Belinda Goldsmith, em Londres; e de Elaine Lies, em Tóquio)