Jovem ataca garotas do grupo pop japonês AKB48 em evento para fãs

segunda-feira, 26 de maio de 2014 13:06 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - Um homem empunhando uma ferramenta atacou e feriu duas garotas do grupo japonês de pop feminino AKB48, considerado o maior desses grupos do mundo segundo o Guinness, em um evento no Japão, deixando o país atordoado com o crime violento, que é raro no Japão.

O grupo, conhecido por suas rotinas alegres, cumprimentava fãs em um evento no domingo, quando o homem as atacou com uma ferramenta, de cerca de 50 centímetros, descrita como um serrote ou um machado, informou a mídia japonesa.

"Esse tipo de coisa é inimaginável", disse um fã à televisão japonesa. "Estou em estado de choque."

As integrantes do grupo Rina Kawaei, de 19 anos, e Anna Iriyama, de 18 anos, tiveram que passar por cirurgia de emergência para os cortes e dedos quebrados. Iriyama também sofreu cortes no rosto, informou a imprensa.

"A cirurgia terminou com sucesso e a condição é estável", disse o gerente. "Elas devem sair do hospital amanhã."

Um garoto da equipe também foi ferido na mão.

A polícia prendeu um jovem de 24 anos por tentativa de homicídio após o evento, na cidade de Takizawa, no nordeste.

Não houve checagens de segurança para o evento, o que levou os jornais a pedirem maior segurança. O incidente foi destaque em várias primeiras páginas de jornais e programas de televisão.

Controles de segurança tendem a ser escassos no Japão, que tem leis rígidas de controle de armas. Crimes violentos envolvendo armas são raros.

O grupo AKB48, fundado em 2005, é formado por adolescentes de até 20 anos.

(Reportagem de Elaine Lies)