Guitarrista Mabon "Teenie" Hodges morre aos 68 anos

quarta-feira, 25 de junho de 2014 14:55 BRT
 

Por Tim Ghianni

NASHVILLE EUA (Reuters) - Mabon "Teenie" Hodges, guitarrista de rhythm and blues e coautor de sucessos com o cantor Al Green, incluindo "Take Me to the River", morreu aos 68 anos devido a complicações relacionadas a um enfisema.

A morte foi confirmada nesta quarta-feira por Lawrence Mitchell, amigo de Hodges e gerente do Royal Studio. Ele disse que o guitarrista morreu em um hospital de Dallas durante o fim de semana.

"Ele era um dos pilares do som em Memphis", disse Mitchell, neto do falecido produtor de soul e funk Willie Mitchell, que recorreu a Hodges e seus irmãos Charles, no órgão, e Leroy, no baixo, para sessões de gravações.

Teenie Hodges se uniu a Al Green para inúmeros sucessos, incluindo "Here I Am (Come and Take Me)" e "Love and Hapiness". Sua canção "Take Me to the River" foi um sucesso de Green e também foi gravada por artistas de vários gêneros musicais, incluindo Tina Turner, Foghat, Talking Heads, Levon Helm, Tom Jones, the Grateful Dead e Bryan Ferry.

Hodges, que ganhou seu apelido por causa da baixa estatura, também foi o guitarrista da banda Hi Rhythm, da qual faziam parte os seus irmãos e que era considerada a banda da casa da gravadora Hi Records.

O selo Hi Records prosperou nos anos 1960 e 1970 e ajudou a tornar Memphis, no Tennessee, um centro de gravações de soul e R&B, disse Tim Sampson, diretor de comunicação do Museu Stax da Música Soul Americana, em Memphis.

(Reportagem de Jon Herskovitz em Austin)