Cantora curda Helly Luv diz estar pronta para "arriscar tudo" pela independência

terça-feira, 15 de julho de 2014 13:13 BRT
 

ARBIL Iraque (Reuters) - A cantora pop curda Helly Luv disse que não vai ser intimidada por ameaças de morte de militantes islâmicos iraquianos desde o lançamento de seu primeiro videoclipe.

Com base no título da canção (“Risk It All”), ela afirmou que vai "arriscar tudo” para lutar por um Curdistão independente.

A cantora de 25 anos, nascida no Iraque, viu seu vídeo acumular mais de 2,5 milhões de visualizações no YouTube desde o seu lançamento em fevereiro, mas ela tem enfrentado críticas por imagens consideradas provocativas no clipe, que conta com uma mistura de dança moderna, hip-hop e música tradicional do Oriente Médio.

Luv disse que o vídeo, que inclui a explosão de bombas de gasolina, dançarinos com fuzis AK-47, e a cantora dançando em um vestido curto prata, representa o espírito curdo e da luta por um Estado independente.

"Houve ameaças de morte de muitos grupos islâmicos... foi um momento muito difícil para mim", disse Luv em uma entrevista em Arbil, capital da região autônoma do Curdistão.

"(Mas) toda a minha mensagem é que, povo curdo, nós precisamos arriscar tudo por nossos sonhos e lutar por nosso país."

A população de Curdistão iraquiano, de cerca de 5 milhões de pessoas, tem desfrutado de um grau de independência de Bagdá desde o final da primeira Guerra do Golfo, no início de 1990. Mas os curdos estão agora mais perto do que nunca de se separar do Iraque por completo, com Massoud Barzani, o líder da região autônoma, pedindo ao seu parlamento para organizar um referendo sobre a independência após a recente onda de violência no país.