Com Quincy Jones na plateia, Stevie Wonder combina diferentes sucessos em Montreux

quinta-feira, 17 de julho de 2014 11:58 BRT
 

Por Stephanie Nebehay

MONTREUX Suíça (Reuters) - Stevie Wonder fez um show de duas horas no Festival de Jazz de Montreux, na noite de quarta-feira, misturando suas músicas mais famosas com sucessos dos Beatles e de Michael Jackson, diante de uma plateia que incluía o produtor Quincy Jones.

O cantor e compositor norte-americano, usando óculos de sol verdes e tranças até a cintura, liderou a 48ª edição do importante festival suíço, realizando um antigo sonho do já finado criador do evento, Claude "Funky" Nobs, de que Wonder tocasse lá.

“O show de hoje é dedicado ao homem que falou comigo por tanto tempo sobre fazer este evento. Ele está nos olhando do céu - Sr. Nobs”, disse Wonder aos 4.000 fãs presentes, que esgotaram os ingressos.

Falando a Jones, ex-co-diretor de Montreux que estava sentado na primeira fileira, Wonder disse: “Não apenas um irmão, mas um amigo, estou muito grato por tê-lo conhecido desde que tinha 14 anos. Ele revelou Michael Jackson e outros tantos jovens artistas."

Wonder, cego desde o nascimento e ganhador de 22 prêmios Grammy, mostrou sua versatilidade tocando piano, gaita e percussão. Ele tinha o apoio de 10 músicos de sua banda e quatro vocalistas.

O músico alternou entre seus hits, que incluíam "How Sweet It Is (To Be Loved by You)", "You Are the Sunshine of My Life", "I Just Called To Say I Love You” com a música dos Beatles "Day Tripper”, o clássico de Paul McCartney "Ebony and Ivory” e a famosa música de Michale Jackson "Billie Jean”, do álbum “Thriller”, produzido por Jones.

Durante a faixa "Living for the City”, sobre um garoto pobre de Mississippi que enfrentava o racismo e traficantes de drogas de Nova York, ele disse: “Como eu desejaria não ter escrito uma música como essa. Mas eu tive que escrever, porque é verdade. Há preconceito no mundo.”

Wonder, de 64 anos, fechou o show tocando “Superstition", levando os fãs das primeiras filas --que pagaram mais de 500 dólares para ver o show-- a ficar de pé.   Continuação...

 
Stevie Wonder em show no festival de Montreux. 16/07/2014 REUTERS/Pierre Albouy