Morre o escritor paraibano Ariano Suassuna aos 87 anos

quarta-feira, 23 de julho de 2014 20:28 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O escritor e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna morreu nesta quarta-feira em Recife aos 87 anos, vítima de complicações decorrentes de um acidente vascular cerebral hemorrágico, informou a assessoria de comunicação do Real Hospital Português em comunicado.

O intelectual, que em agosto do ano passado já havia sofrido um infarto seguido de aneurisma cerebral, estava internado desde a segunda-feira à noite após ter sofrido um AVC do tipo hemorrágico. Ele foi submetido a cirurgias para redução da pressão intracraniana, mas não resistiu e morreu às 17h15 desta quarta-feira.

"O paciente teve uma parada cardíaca provocada pela hipertensão intracraniana", afirmou a assessoria do hospital em comunicado à imprensa.

Suassuna foi eleito para a Academia Brasileira de Letras em 1989 e ocupava a cadeira número 32. Outros dois membros da ABL morreram neste mês: Ivan Junqueira e João Ubaldo Ribeiro.

A presidente Dilma Rousseff lamentou a morte de Suassuna em nota, dizendo que o país perdeu uma grande referência cultural e que a sua obra é essencial para a compreensão do Brasil.

"Escritor, dramaturgo e poeta, Ariano Suassuna foi capaz de traduzir a alma, a tradição e as contradições nordestinas em livros... Guardo comigo ótimas recordações de nossos encontros e das suas histórias", afirmou Dilma.

Com a vida intimamente ligada às artes cênicas e dotado de um carisma singular junto ao público, Suassuna manteve-se ativo até o último momento, apresentando-se recentemente em uma série de concorridas e bem-humoradas aulas-espetáculo, nas quais discorria sobre a própria biografia, entre outros temas. 

    Ele subiu ao palco pela última vez na sexta-feira, quando deu uma palestra sobre o compositor Capiba, mestre do frevo pernambucano, como parte da programação do Festival de Inverno de Garanhuns, no agreste de Pernambuco.

    Ariano Vilar Suassuna nasceu em João Pessoa em 3 de agosto de 1927, quando a cidade ainda se chamava Nossa Senhora das Neves e o Estado era governado por seu pai, João Suassuna. Mudou-se em 1942 para Recife, onde se formou em Direito e deu início à sua carreira como dramaturgo com a peça "Uma Mulher Vestida de Sol" (1947).   Continuação...

 
O escritor Ariano Suassuna participa da maratona escolar Ariano Suassuna, no Teatro R. Magalhães Jr., no Rio de Janeiro, em novembro de 2012. 08/11/2012 REUTERS: Divulgação/ABL/Guilherme Gonçalves