"Jogos Vorazes" e "Divergente" cedem espaço para lançamentos na Comic-Con

sexta-feira, 25 de julho de 2014 14:53 BRT
 

Por Piya Sinha-Roy

SAN DIEGO (Reuters) - Filmes para um público adulto jovem têm sido o tema dominante da conferência anual Comic-Con de San Diego nos últimos anos, mas com a abertura do evento na quinta-feira, a ausência de blockbusters consagrados permitiu aos estúdios empurrar uma nova safra visando um público similar.

"É realmente estranho não haver nenhum grande painel adulto jovem na Comic-Con deste ano, mas o que é interessante é que há alguns painéis orientados para adultos jovens que vão ocupar esse espaço", disse Dave Karger, correspondente-chefe da Fandango.

As séries "Crepúsculo", "Jogos Vorazes" e "Divergente" foram destaques no salão principal H da Comic-Con, onde o público assistiu a imagens exclusivas e os estúdios organizaram painéis promocionais com estrelas dos filmes e cineastas.

The Weinstein Co abriu com o primeiro filme novo para o público adulto jovem deste ano com um painel sobre o lançamento do drama de ficção científica "The Giver", em uma tentativa de atrair os fãs de "Jogos Vorazes" e “Divergente".

"Ficaríamos honrados se os fãs dessas edições ficarem animados com o nosso filme", disse Stephen Bruno, presidente de marketing da The Weinstein Co.

"The Giver", baseado no livro de mesmo nome de Lois Lowry, de 1993, com estreia em 15 de agosto nos cinemas norte-americanos, é sobre um menino, Jonas, que vive em uma sociedade aparentemente utópica que é desprovida de dor.

Embora não existam painéis para "Jogos Vorazes" e "Divergente", os fãs ainda vão ter surpresas, como um trailer de "Jogos Vorazes - Esperança", a ser lançado em um evento do Comic-Con na sexta-feira, e aparições de estrelas de "Divergente" como Shailene Woodley e Theo James no fim de semana.

Mas a ausência das séries de grande sucesso também remete às raízes da Comic-Con, que celebra o conteúdo criativo, marginal e o público alternativo.

"Graças a 'Crepúsculo' e 'Jogos Vorazes' a Comic-Con havia se tornado, nos últimos seis ou sete anos, um paraíso para os filmes para adultos jovens", disse Karger. "Mas este ano é um retorno à Comic-Con de anos atrás."

(Reportagem de Eric Kelsey)