Van Morrison é atração principal na 50a edição do Cambridge Folk Festival

quinta-feira, 31 de julho de 2014 17:08 BRT
 

Por Claire Milhench

CAMBRIDGE Inglaterra (Reuters) - Quando o Conselho Municipal de Cambridge decidiu realizar um festival de música na histórica cidade universitária inglesa em 1964, poucos esperavam que ele chegasse à sua 50a edição.

Mas este ano o Cambridge Folk Festival está comemorando seu 50o aniversário em grande estilo, com Van Morrison como atração principal - ele teve de ser cortejado por anos até concordar em participar -, assim como Roseanne Cash e Sinead O'Connor.

Haverá também outras atrações no evento como rapper dance, uma dança usando uma espada curta, e yarnbombing, um grafite de tricô.

É essa abordagem eclética que traz as pessoas ano após ano para o festival, que se realiza este ano de 31 julho a 3 agosto. Embora tenha evoluído desde os anos 60, o evento ainda é realizado no mesmo Cherry Hinton Hall, nos arredores da cidade.

"Nós resistimos à pressão para expandir o festival ou movê-lo para um local maior, porque entendemos que a intimidade nas apresentações é do que as pessoas realmente gostam - o local e o tamanho das tendas têm sido parte integrante do nosso sucesso", disse Eddie Barcan, que passou a dirigir o festival em 1993.

Este ano, Barcan está particularmente satisfeito por ter conseguido levar Morrison, aos 68 anos. Ele nunca tocou em um festival, apesar dos repetidos convites. "Eu tentei muitas vezes no passado", disse Barcan.

Barcan assumiu a organização do festival depois da morte de bombeiro local, Ken Woollard, que organizou os primeiros festivais de um telefone público do lado de fora do Corpo de Bombeiros de Cambridge. Em seu primeiro ano, ele conseguiu levar Watersons, Peggy Seeger e um jovem Paul Simon.

O festival rapidamente se desenvolveu com uma reputação de oferecer um pouco de tudo, desde música britânica e folk irlandês e americano a cajun, zydeco, klezmer e blues.   Continuação...

 
Músico irlandês Van Morrison no Jazz Fest, em Nova Orleans. 27/04/2007 REUTERS/Lee Celano