Ator Robin Williams morre aos 63 anos em aparente suicídio

segunda-feira, 11 de agosto de 2014 22:17 BRT
 

TIBURON, Estados Unidos (Reuters) - Robin Williams, o ator versátil norte-americano cujo estilo cômico o transformou em um dos maiores artistas do cinema e da televisão, foi encontrado morto nesta segunda-feira após um aparente suicídio em sua casa no norte da Califórnia. Ele tinha 63 anos.

O instituto médico legal do condado de Marin disse suspeitar que a morte foi um suicídio por asfixia, mas a causa ainda está sendo investigada, e uma autópsia será feita na terça-feira.

"Na manhã de hoje (segunda-feira), eu perdi meu marido e melhor amigo, e o mundo perdeu um de seus artistas mais amados e um de seus mais belos seres humanos. Estou absolutamente arrasada", declarou a mulher de Williams, Susan Schneider, em um comunicado.

Williams, que conquistou um Oscar pelo papel de terapeuta paternal em "Gênio Indomável", de 1997, vinha sofrendo de profunda depressão, disse sua agente, Mara Buxbaum.

O ator já lutou contra o vício no passado e recentemente havia entrado em um centro de reabilitação de Minnesota para buscar ajuda e manter a sobriedade.

À época, seus representantes disseram que Williams não estava usando drogas ou álcool, mas tinha ido ao centro para "ajustar e focar" sua sobriedade após trabalhar por um período mais longo que o usual.

O gabinete do xerife do condado de Marin afirmou ter recebido uma ligação de emergência perto do meio-dia, no horário local, relatando que Williams estava inconsciente e não respirava, em sua casa perto de Tiburon, ao norte de San Francisco.

Williams deve aparecer no filme "Uma Noite no Museu 3 - O Segredo da Tumba" em dezembro deste ano no papel da estátua de Teddy Roosevelt, que ganha vida à noite. A Twentieth Century Fox, distribuidora do filme, não tinha comentários de imediato sobre o assunto.

Em abril, a publicação Hollywood Reporter disse que uma divisão da Fox estava desenvolvendo uma sequência do filme "Uma Babá Quase Perfeita", de 1993, que reuniria Williams e o diretor Chris Columbus.

No filme, Williams interpretou um de seus papéis mais marcantes como um pai divorciado e em dificuldade que assume a identidade de uma babá britânica para estar mais perto dos seus filhos.

(Reportagem adicional de Alex Dobuzinskis, Edith Honan e Piya Sinha-Roy)

 
O ator e comediante Robin Williams chega a uma pré-estreia no Festival de Sundance, em Park City, Utah, nos Estados Unidos, em janeiro de 2009. 18/01/2009 REUTERS/Lucas Jackson