Audiência do Emmy cai para 15,6 milhões com exibição na segunda-feira

terça-feira, 26 de agosto de 2014 20:40 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Depois de ser adiantada em um mês e passar para um dia de semana, segunda-feira, a cerimônia de premiação do Emmy atraiu 15,6 milhões de telespectadores, uma queda em relação à transmissão de domingo no ano passado, apesar de um novo apresentador, um beijo apaixonado e uma homenagem emocionante.

A premiação deste ano, na qual o drama sobre drogas "Breaking Bad", da AMC, e a consagrada comédia "Modern Family", da ABC, levaram os principais prêmios em suas categorias, teve a segunda maior audiência dos últimos oito anos, informou a NBC nesta terça-feira, citando cifras da empresa de medição Nielsen.

O show, que normalmente vai ao ar em setembro, atraiu 5,3 milhões de telespectadores entre 18 e 49 anos, faixa cobiçada pelos anunciantes.

Nas mídias sociais, o Emmy foi um tópico popular no Twitter durante a transmissão, e 6,2 milhões de pessoas debateram a cerimônia no Facebook.

Os destaques da noite incluíram o beijo apaixonado de Julia Louis-Dreyfus, da série cômica "Veep", e Bryan Cranston, protagonista de "Breaking Bad", uma lembrança dos tempos de ambos na série "Seinfeld", quando ela foi receber o prêmio de melhor atriz de comédia, e uma sessão de perguntas e respostas entre a plateia e a atriz Melissa McCarthy para saber se seu carro, estacionado irregularmente, seria guinchado.

O programa ainda teve uma homenagem engraçada e emocionante de Billy Crystal ao falecido Robin Williams.

O Emmy do ano passado, apresentado por Neil Patrick Harris na CBS, teve 17,6 milhões de telespectadores.

(Por Piya Sinha-Roy)

 
Ator Cranston beija Julia-Louis Dreyfus na premiação do Emmy, na segunda-feira.    REUTERS/Mario Anzuoni