Comediante Joan Rivers foi transferida de UTI para quarto particular, diz filha

quarta-feira, 3 de setembro de 2014 16:26 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A comediante Joan Rivers, que sofreu uma parada cardíaca na semana passada, foi transferida da unidade de tratamento intensivo de um hospital de Nova York para um quarto particular, informou sua filha nesta quarta-feira.

Rivers, de 81 anos, está “confortável” no quarto do Hospital Mount Sinai, em Manhattan, de acordo com Melissa Rivers.

A humorista foi ligada a aparelhos depois que parou de respirar e teve uma parada cardíaca durante uma cirurgia sem internação em uma corda vocal em uma clínica no dia 28 de agosto.

“Minha mãe foi transferida da unidade de tratamento intensivo para um quarto particular”, declarou sua filha, Melissa, em um comunicado. “Obrigada por seu apoio contínuo”.

O comunicado não deu maiores informações sobre a condição médica e o prognóstico de Rivers.

Conhecida por seu humor cáustico, Rivers certa vez se descreveu como “a garota-propaganda da cirurgia plástica” e brincou a respeito de suas inúmeras intervenções.

Durante sua longa carreira, a comediante de voz rouca nascida no bairro nova-iorquino do Brooklyn ficou famosa por suas tiradas ácidas e por perguntar “Podemos conversar?”

Rivers queria ser atriz, mas entrou na comédia depois de escrever números humorísticos para o programa de televisão "The Ed Sullivan Show”, de onde se seguiram trabalhos de stand-up, na TV, como apresentadora de cerimônias de premiação e participante de reality shows.

(Por Eric Kelsey, reportagem adicional de Barbara Goldberg)