Morre aos 81 anos comediante Joan Rivers

quinta-feira, 4 de setembro de 2014 16:28 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A comediante Joan Rivers, de 81 anos, morreu nesta quinta-feira, em Nova York, uma semana depois de sofrer uma parada cardíaca durante um procedimento médico ambulatorial, afirmou sua filha em um comunicado.

"É com grande tristeza que anuncio a morte da minha mãe, Joan Rivers. Ela faleceu pacificamente às 13h17 rodeada pela família e amigos próximos", disse Melissa Rivers.

Rivers, que parou de respirar e sofreu uma parada cardíaca durante uma cirurgia nas cordas vocais em uma clínica, no dia 28 de agosto, estava internada no Hospital Mount Sinai, em Manhattan.

Conhecida por seu humor cáustico, Rivers certa vez se descreveu como “a garota-propaganda da cirurgia plástica” e brincou a respeito de suas inúmeras intervenções.

Durante sua longa carreira, a comediante de voz rouca nascida no bairro nova-iorquino do Brooklyn ficou famosa por suas tiradas ácidas e por perguntar “Podemos conversar?”

Rivers queria ser atriz, mas entrou na comédia depois de escrever números humorísticos para o programa de televisão "The Ed Sullivan Show”, de onde se seguiram trabalhos de stand-up, na TV, como apresentadora de cerimônias de premiação e participante de reality shows.

(Reportagem de Eric Kelsey)

 
Comediante Joan Rivers fala com jornalistas ao chegar à cerimônia de entrega de prêmios Mark Twain no Kennedy Center, em Washington. 10/11/2008  REUTERS/Molly Riley