Suspense "No Good Deed" desbanca "Winter, O Golfinho 2" nas bilheterias norte-americanas

segunda-feira, 15 de setembro de 2014 10:50 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O suspense "No Good Deed", história de um preso fugitivo que aterroriza uma mulher e seus filhos dentro de casa, chegou ao topo das bilheterias dos Estados Unidos e do Canadá no último final de semana, desbancando o filme infantil “Winter, O Golfinho 2”.

"No Good Deed" arrecadou 24,5 milhões de dólares em ingressos nos cinemas norte-americanos entre sexta-feira e domingo, de acordo com estimativas da empresa de monitoria Rentrak. “Winter, O Golfinho 2”, sequência do sucesso de 2011 sobre um corajoso animal marinho, ficou em segundo lugar com 16,6 milhões de dólares.

O líder da semana passada, a aventura espacial “Guardiões da Galáxia”, da Marvel, foi o terceiro mais visto, rendendo oito milhões de dólares. “Guardiões” se tornou o primeiro filme de 2014 a arrecadar mais de 300 milhões de dólares nas bilheterias norte-americanas, informou a distribuidora Walt Disney. Globalmente, o filme já arrecadou 612 milhões de dólares.

"No Good Deed" traz Idris Elba no papel do prisioneiro em fuga que aparece na porta de uma casa de família, cuja mãe é vivida pela atriz Taraji P. Henson ("Person of Interest"), no subúrbio da cidade de Atlanta alegando problemas no carro.

Quando ela deixa que ele use seu telefone, o homem invade a casa e a força a lutar pela sobrevivência da família.

O lançamento da Sony, que estreou em 2.175 salas e custou 13,2 milhões de dólares, superou as previsões de arrecadação de 19 milhões de dólares do site especializado Box Office Mojo.

Rory Bruer, presidente do setor de distribuição mundial da Sony, atribuiu o sucesso do filme à química do elenco e aos esforços bem-sucedidos por trás das câmeras.

“Realmente foi um trabalho de equipe, a produção, a divulgação, a distribuição”, afirmou Bruer. “Acreditamos no filme, e sabíamos que o público iria gostar”.

A estreia de “Winter, O Golfinho 2” foi inferior ao lançamento do primeiro filme, que rendeu 19,1 milhões de dólares quando entrou em cartaz em 2011 e chegoy a 95,4 milhões de dólares em todo o mundo.   Continuação...

 
Ator Idris Elba em Londres. 05/12/2013 REUTERS/Suzanne Plunkett