Tempestade força museus de Florença a fechar para avaliar danos

sexta-feira, 19 de setembro de 2014 15:42 BRT
 

FLORENÇA Itália (Reuters) - Autoridades de Florença ordenaram o fechamento de vários museus na cidade, na região italiana de Toscana, nesta sexta-feira, incluindo a famosa Galeria Uffizi, enquanto técnicos checavam possíveis danos após uma violenta tempestade.

Os museus abrigam alguns dos maiores tesouros da Renascimento, e o Uffizi é a casa de obras-primas de artistas como Fra Angelico, Boticelli e Raphael, entre outros.

Ruas, porões e térreos de edifícios no centro da cidade ficaram inundados pela tempestade que derrubou árvores em vários pontos da cidade, mas não houve registro imediato de danos aos museus ou às obras de arte em seu interior.

Vários vitrais de igrejas ficaram levemente danificados, e autoridades disseram que a água entrou no Palazzo Vecchio, que além de museu serve como sede da administração municipal.

(Reportagem de Silvia Ognibene)

 
Pessoas atravessam ponte em Florença, na Itália. 20/11/2011.  REUTERS/Giampiero Sposito