Djokovic pode pedir dicas a Federer sobre bebês

segunda-feira, 27 de outubro de 2014 16:57 BRST
 

Por Julien Pretot

PARIS (Reuters) - Novak Djokovic pode pedir a Roger Federer uma ou duas dicas nas próximas semanas sobre como combinar a paternidade com o circuito de tênis da ATP.

O número um do mundo Djokovic se tornou pai na semana passada e está ansioso para conviver com o filho, apesar de sua programação de viagens para os torneios de tênis.

"Eu vou tentar ter minha família comigo o máximo que puder, obviamente", disse o sérvio em entrevista coletiva no Masters de Paris, que decidirá as quatro vagas restantes para a competição que encerra a temporada, o ATP World Tour.

"Para mim, é importante participar da vida do meu filho, em seu desenvolvimento, seu crescimento, sua infância."

Federer, que tem dois pares de gêmeos, sabe uma coisa ou duas sobre como viajar com sua família durante o circuito.

"Roger, você mencionou Roger, há, além dele, muitos outros jogadores em situação semelhante, por isso tento falar com eles e obter algumas dicas ou algumas experiências necessárias que possam compartilhar comigo para ajudar no meu caso", afirmou Djokovic.

No entanto, não haverá apenas conversas sobre bebês quando começar o Masters de Paris para Federer e Djokovic, que disputam o posto de número um no fim da temporada.

Djokovic, que tem uma pequena vantagem sobre o número dois do mundo Federer, é cauteloso com a ameaça.

"Eu nunca pensei...nunca o descartei. Sempre achei que ele é um dos melhores jogadores do mundo, e ele continua provando para todo mundo que merece estar lá", declarou o sérvio.

(Reportagem de Julien Pretot)