Miranda Lambert e Luke Bryan brilham em premiação de música country nos EUA

quinta-feira, 6 de novembro de 2014 09:11 BRST
 

Por Tim Ghianni

NASHVILLE Estados Unidos (Reuters) - A cantora Miranda Lambert venceu quatro prêmios da Associação de Música Country dos Estados Unidos (CMA, na sigla em inglês), e Luke Bryan voltou para casa como a personalidade do ano, em uma cerimônia marcada pela política nos EUA e pela ausência de Taylor Swift.

Miranda, de 30 anos, que liderou a premiação com nove indicações, conseguiu fazer seu álbum conquistar o prêmio de melhor vocal feminino do ano.

“Eu não sei o que dizer. Não posso acreditar que estou aqui. Não posso acreditar que esta é a minha vida”, disse a cantora ao receber o prêmio, que vence há cinco anos consecutivos. “Droga! Eu choro toda vez.”

A texana também venceu o prêmio CMA de álbum do ano por “Platinum”, de música do ano pora “Automatic”, e também compartilhou o prêmio de evento musical do ano com a cantora australiana Keith Urban por “We Were Us”.

Bryan, de 38 anos, conquistou seu primeiro CMA após o sucesso de seu disco “Crash My Party”, de 2013.

“Há tempos que eu buscava ter um desse em minhas mãos”, disse Bryan a repórteres sobre o troféu.

O 48º show anual CMA, que concorre com o prêmio da Academia de Música Country pelo prestígio e pela audiência na televisão, é um dos principais eventos promocionais para o calendário da música country norte-americana. Os vencedores são escolhidos pelos 6.000 membros da CMA. 

Blake Shelton, marido de Miranda, também conquistou seu quinto prêmio seguido de melhor vocal masculino do ano.    Continuação...

 
Miranda Lambert posa com prêmios recebidos no 48º CMA Awards em Nashville. 05/11/2014 REUTERS/Eric Henderson