Princesa Cristina da Espanha será julgada por acusação de fraude fiscal

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014 09:34 BRST
 

MADRI (Reuters) - Cristina de Bourbon, irmã do rei Felipe 6º da Espanha, terá de comparecer a um tribunal para enfrentar acusações de fraude fiscal, informou a alta corte das ilhas Baleares nesta segunda-feira, prolongando o constrangimento para uma família real que busca se afastar de uma investigação de corrupção.

As acusações foram apresentadas como parte de uma investigação sobre os negócios do marido de Cristina, o ex-jogador de handebol da seleção espanhola Iñaki Urdangarin, acusado de desviar milhões de euros em recursos públicos por meio de sua ONG Fundação Noos.

Essa será a primeira vez que um membro da família real espanhola sentará no banco dos réus de um tribunal. A princesa Cristina e seu marido negam ter cometido qualquer irregularidade.

(Reportagem de Sarah White)

 
Infanta Cristina da Espanha durante coletiva de imprensa na Cidade do México. 7/09/2009. REUTERS/Daniel Aguilar