Sony Pictures permite que alguns cinemas exibam "A Entrevista"

terça-feira, 23 de dezembro de 2014 16:59 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - A Sony Pictures abriu caminho para o lançamento do filme "A Entrevista" em 25 de dezembro, menos de uma semana depois de cancelar a divulgação da comédia devido a um ataque cibernético devastador, informaram nesta terça-feira o estúdio e uma rede de cinema de Dallas que vai exibir o filme.

A comédia sobre uma trama ficcional para assassinar o líder norte-coreano, Kim Jong Un, levou a um ataque cibernético ao estúdio, que, segundo o governo dos Estados Unidos, foi realizado pela Coreia do Norte.

O fundador da cadeia Alamo Drafthouse Cinema, com sede no Texas, Tim League, escreveu no Twitter que a Sony autorizou o cinema a exibir o filme. Uma porta-voz da rede de cinemas confirmou o tuíte.

A Sony Pictures informou que "A Entrevista" terá um lançamento limitado nos cinemas nos Estados Unidos no dia do Natal, e o estúdio está à procura de mais opções para exibir o filme.

"Nós nunca desistimos de mostrar 'A Entrevista' e estamos empolgados que o nosso filme estará em alguns cinemas no dia de Natal", disse o presidente-executivo da Sony Pictures, Michael Lynton, em um comunicado. "Ao mesmo tempo, continuamos nossos esforços para garantir mais plataformas e mais salas, para que este filme alcance o maior público possível."

Não ficou claro quantos cinemas seriam autorizados a mostrar "A Entrevista" e se as principais salas de cinema que tinham decidido não exibir o filme na semana passada devido a preocupações de segurança iriam se juntar ao grupo de expositores autorizados.

Outro cinema em Atlanta, o Plaza Atlanta, disse na mídia social que também vai exibir o filme.

(Reportagem de Eric Kelsey e Mary Milliken)

 
Entrada da Sony Pictures em Culver City, Califórnia. 19/12/2014.  REUTERS/Mario Anzuoni