Sony vai disponibilizar "A Entrevista" em TV paga e mais cinemas

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014 18:20 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - A Sony Picture Entertainment anunciou nesta quarta-feira mais opções para o público assistir à sua controversa comédia "A Entrevista", ao disponibilizar o filme para as operadoras norte-americanas de TV paga e expandir seu alcance em salas de cinema independente.

O filme, culpado por desencadear um enorme ciberataque no estúdio da Sony, também será vendido por meio de serviços on-demand, como o Vudu, do Wal-Mart, além de ficar disponível no PlayStation Network, plataforma de rede da Sony, afirmou a empresa em comunicado.

Em 17 de dezembro, a Sony cancelou o lançamento de "A Entrevista", previsto para o dia de Natal, depois que hackers ameaçaram atacar salas de cinema, fazendo com que grandes redes de distribuição recusassem a exibição do filme.

Após sofrer críticas de celebridades de Hollywood e até do presidente norte-americano, Barack Obama, a Sony fez acordos para lançar o filme em 331 salas independentes e também por meio de distribuidores on-line, como o YouTube Filmes, do Google.

Começando a partir desta quarta-feira, os fornecedores de TV a cabo, telecomunicações e satélite já disponibilizam "A Entrevista" para aluguel nas plataformas on-demand e serviços pay-per-view, segundo a Sony. Entre eles estão gigantes do mercado norte-americano, como Comcast, Time Warner, Cox, U-verse, Verizon e DirecTV.

Clientes do Vudu e da Verizon também já têm a opção de comprar o filme, cujas estrelas são Seth Rogen e James Franco no papel de jornalistas recrutadas pela Agência Central de Inteligência (CIA) para matar o líder norte-coreano, Kim Jong Un.

O filme também vai passar em mais de 590 cinemas independentes a partir de sexta-feira.

Ao longo de todo o feriado de Natal, "A Entrevista" arrecadou 15 milhões de dólares on-line em apenas quatro dias, antes de o iTunes, da Apple, começar a oferecer o produto, e mais 2,8 milhões de dólares nos cinemas.

(Reportagem de Lisa Richwine)