Jatos pessoais de Elvis Presley podem arrecadar mais de US$10 milhões em leilão

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015 14:06 BRST
 

(Reuters) - Os dois jatos pessoais de Elvis Presley serão leiloados em uma disputa com lances fechados e a expectativa é de que arrecadem entre 10 milhões de dólares e 15 milhões de dólares, informou a casa de leilões Julien's Auctions nesta sexta-feira.

Os dois jatos não podem mais voar, mas têm estado expostos para visitantes de Graceland, a propriedade que abriga o espólio de Elvis em Memphis, no Estado de Tennessee, pelas últimas três décadas.

O Rei do Rock comprou o Convair 880 da Delta Air Lines em 1975, dois anos antes de sua morte, aos 42 anos, por 250 mil dólares. Ele batizou a aeronave de "Lisa Marie" em homenagem a sua filha.

Elvis gastou mais de 300 mil dólares para reformar a aeronave com um quarto, uma sala de reuniões, bar e sistema de videotape ligado a quatro TVs. Ele pintou o avião de vermelho, branco e azul com a sigla "TCB" - "Takin' Care of Business" (cuidando dos negócios) na cauda.

O segundo jato, um Lockheed Jetstar com capacidade para de oito a dez passageiros batizado de "Hound Dog II", também em 1975 por cerca de 900 mil dólares, enquanto aguardava pela reforma do "Lisa Marie".

O Convair, de quatro motores e com capacidade para 28 passageiros, pode ter levado Elvis, que preferia voar à noite, por até 4.800 quilômetros

Somente 65 jatos do modelo Convair 880 foram produzidos entre 1959 e 1962.

O vencedor do leilão também terá a opção de adquirir vários hectares adjacentes a Graceland para expor os aviões independente do museu de Elvis.

O acordo entre Graceland e os atuais proprietários das aeronaves, cujas identidades não foram reveladas, vencerá no final de abril.

(Reportagem da Reuters TV)

 
Busto de Elvis Presley  é deixado na calçada com destroços resultantes da passagem do furacão Sandy no bairro de Midland Beach, em Staten Island, na cidade de Nova York. 13/11/2012 REUTERS/Mike Segar