Pintura avaliada em US$250 mil é roubada de galeria nos EUA

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015 11:30 BRST
 

NOVA ORLEANS (Reuters) - Uma pintura do artista norte-americano George Rodrigue com valor estimado em 250 mil dólares, que retrata o artista como um cão azul ao lado de sua noiva no dia do casamento, foi roubada na terça-feira de uma galeria em Nova Orleans, informou o filho dele.

A pintura "Wendy and Me", de 1997, estava pendurada no Rodrigue Studio, no Bairro Francês, em Nova Orleans, quando um homem a tirou da parede e fugiu, em um furto que não levou mais de 10 segundos, disse Jacques Rodrigue, filho do artista que ajuda a administrar a arte do pai, já falecido.

"Esta não é uma peça que possa ser vendida", disse Rodrigue. "Estamos realmente ansiosos para tê-la de volta."

A galeria tem compartilhado imagens de vídeo do roubo com a polícia de Nova Orleans, disse Rodrigue. A polícia está nos estágios iniciais da investigação, segundo um porta-voz da corporação.

George Rodrigue ganhou destaque na década de 1990 com uma série de pinturas retratando cães azuis, com base em uma lenda da cultura local sobre um cão ou lobo fantasma ameaçando assombrar crianças desobedientes.

Ele morreu em 2013 aos 69 anos de complicações decorrentes de câncer, disse o filho.

(Reportagem de Jonathan Kaminsky em New Orleans)

 
Pintura de 1997 "Wendy and Me", do artista norte-americano George Rodrigue, em foto de divulgação sem data, obtida pela Reuters em 06/01/2015. REUTERS/George Rodrigue Foundation of the Arts/Divulgação via Reuters