"Guardiões da Galáxia" é indicado para prêmio do Sindicato dos Roteiristas dos EUA

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015 19:14 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - Filmes independentes como "Boyhood - Da Infância à Juventude" e "Whiplash: Em Busca da Perfeição", assim como o sucesso de super-heróis "Guardiões da Galáxia", foram indicados para o prêmio do Sindicato dos Roteiristas dos Estados Unidos nesta quarta-feira, uma das principais premiações anuais de Hollywood.

O drama "Boyhood", considerado candidato ao Oscar, foi indicado para melhor roteiro original, escrito pelo diretor Richard Linklater.

A produção, filmada por Linklater durante doze anos, vai disputar com a cinebiografia sobre lutadores "Foxcatcher", roteiro de Max Frye e Dan Futterman, e também com a história de um baterista de jazz "Whiplash", escrita pelo diretor Damien Chazelle.

Também foram indicados para roteiro original a comédia "O Grande Hotel Budapeste", escrita por Hugo Guinness e pelo diretor Wes Anderson, e o drama "O Abutre", escrito pelo diretor Dan Gilroy.

Os "Guardiões da Galáxia", filme de super-heróis da Marvel e maior bilheteria de 2014, levou uma indicação surpreendente por roteiro adaptado, trabalho do diretor James Gunn e Nicole Perlman.

O filme vai brigar com o roteiro de Jason Hall para "Sniper Americano", drama de guerra dirigido por Clint Eastwood, e com a cinebiografia "Livre", roteiro do escritor britânico Nick Hornby.

O thriller "Garota Exemplar", escrito por Gillian Flynn, e "O Jogo da Imitação", de Graham Moore, também foram indicados para roteiro adaptado.

Os roteiros de filmes considerados candidatos ao Oscar, como "Birdman", "Selma" e "A Teoria de Tudo" não concorreram, pois não foram produzidos sob a jurisdição do sindicato.

O retrospecto do Sindicato dos Roteiristas de escolher como vencedor os roteiros que acabam ganhando o Oscar é mediano. A temporada de prêmios de Hollywood começa neste domingo com o Globo de Ouro.   Continuação...

 
Ator Chris Pratt chega à pré-estreia mundial de "Guardiões da Galáxia" em Hollywood em julho do ano passado. 21/07/2014 REUTERS/Mario Anzuoni