Polícia interroga rapper Suge Knight após atropelamento que causou uma morte

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 09:57 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O rapper Marion "Suge" Knight foi apontado como suspeito de uma colisão seguida de fuga que resultou na morte de uma pessoa perto de Los Angeles na quinta-feira, e estava sendo ouvido pela polícia, disseram autoridades.

Um homem cuja descrição corresponde a Knight se dirigiu a uma lanchonete de hambúrgueres em Compton por volta das 3h da madrugada e começou a discutir com duas pessoas do lado de fora, disse o tenente John Corina, do departamento de polícia do Condado Los Angeles.

O motorista, então, deu marcha à ré e passou por cima das duas pessoas com sua caminhonete Ford F-150 Raptor vermelha e em seguida fugiu do local, afirmou o departamento em um comunicado.

Corina acrescentou que Knight, de 49 anos, cofundador da Death Row Records, se envolvera antes em uma briga com as mesmas pessoas.

"Nós estamos no processo de conversar com as outras testemunhas e rever o vídeo, e tentando traçar os passos de Suge Knight e ouvi-lo sobre a história", disse Corina.

Uma das vítimas morreu na hora, disse a polícia. A condição da segunda vítima não foi informada de imediato.

Um advogado de Knight confirmou ao jornal Los Angeles Times que ele havia conversado com seu cliente sobre os "próximos passos", e que Knight planejava se entregar à polícia.

Um número de telefone usado anteriormente por Knight estava fora de serviço.

 
Polícia de Los Angeles em local de atropelamento envolvendo rapper Suge Knight. 29/01/2015 REUTERS/Jonathan Alcorn