Rapper Suge Knight é preso por assassinato em Los Angeles após atropelamento

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 20:49 BRST
 

Por Alex Dobuzinskis

LOS ANGELES (Reuters) - O rapper Marion “Suge” Knight foi preso nesta sexta-feira sob suspeita de homicídio depois que um homem com suas descrições atropelou duas pessoas com uma caminhonete e fugiu sem prestar socorro durante um incidente perto de Los Angeles, matando uma das pessoas e ferindo a outra, disse a polícia.

Knight, que tem 49 anos e foi um dos fundadores do selo Death Row Records, foi fichado aproximadamente às 15h pelo horário local (9h no horário de Brasília) e uma fiança de 2 milhões de dólares foi estipulada para sua soltura, informou o departamento policial.

O incidente ocorreu na quinta-feira à tarde, após um homem com as características de Knight ter dirigido até uma lanchonete em Compton, na periferia sul de Los Angeles, e começado a discutir com duas pessoas que estavam em frente ao local, disse o xerife do condado de Los Angeles, tenente John Corina.

O motorista então enfrentou uma das duas pessoas antes de atropelar ambas com um caminhonete do modelo Ford F-150 Raptor, fugindo em seguida, disse a polícia em um comunicado.

Um dos atropelados morreu no hospital, informou o gabinete do xerife. O homem foi identificado como Terry Carter, de 55 anos, disse o porta-voz do órgão de medicina legal do condado de Los Angeles Craig Harvey.

A condição da segunda pessoa, que encontra-se hospitalizada, não foi divulgada.

 
Marion Hugh Knight é levado a delegacia após acusação de violência doméstica, entre outras, em 27/08/2008.  REUTERS/Divulgação