Milhares de peças pré-colombianas são descobertas em obras de canal na Nicarágua

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 11:22 BRST
 

MANÁGUA (Reuters) - Cerca de 15 mil peças arqueológicas, em sua maioria pré-colombianas, foram descobertas durante os trabalhos de exploração para construir um canal interoceânico na Nicarágua, e se acredita que pode haver milhares mais, informou a empresa responsável pelos estudos.

A consultora global Environmental Resources Management (ERM) disse que 14 mil peças datam de entre o ano 500 antes de Cristo e o ano 1519, de acordo com os achados realizados enquanto executava os estudos de impacto ambiental e social do projeto milionário.

Manuel Román, o arqueólogo encarregado dos estudos culturais da ERM, classificou as peças como de “alto valor cultural”, e afirmou que testemunham pelo menos dois mil anos de desenvolvimento de grupos humanos primitivos que coexistiam na região.

“A maior parte do que localizamos é cerâmica pré-colombiana, e também há pedra lítica pré-colombiana, instrumentos de pedra, metates, ferramentas, machados, enxadões de pedra, inclusive associados com objetos pré-colombianos que já estão datados”, acrescentou.

O especialista indicou que as peças terem sido coletadas sem que se fizesse nenhuma excavação leva a crer que ainda há milhares mais para serem encontradas.

A Nicarágua, um dos países mais pobres da América, almeja construir um canal de 50 milhões de dólares para disputar o comércio marítimo com o Panamá.

(Por Iván Castro)