Leonard Nimoy, o sr. Spock de ‘Jornada nas Estrelas’, morre aos 83 anos

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 17:15 BRT
 

Por Will Dunham

WASHINGTON (Reuters) - Leonard Nimoy, famoso por sua interpretação do sr. Spock no seriado e nos filmes de ficção científica "Jornada nas Estrelas", morreu aos 83 anos depois de lutar contra uma doença pulmonar crônica.

Nimoy, que teve uma relação de amor e ódio com seu personagem meio humano e meio alienígena de grande lógica, morreu na manhã desta sexta-feira. Sua neta confirmou a morte na conta oficial do ator no Twitter, @TheRealNimoy.

"Leonard Nimoy criou um modelo positivo que inspirou inúmeros telespectadores a aprender mais sobre o universo. Hoje, muitas destas pessoas são entusiastas do espaço e líderes da indústria”, disse o executivo-chefe da Fundação Espacial, Elliot Pulham, em comunicado.

No ano passado, Nimoy revelou no Twitter ter sido diagnosticado com a doença pulmonar degenerativa.

"Parei de fumar 30 anos atrás. Não foi cedo o suficiente!”, escreveu aos seus mais de 810 mil seguidores. “O vovô está dizendo, parem agora!!”

Nimoy teve outros papéis durante sua longa carreira na televisão, no cinema e no teatro, e dirigiu filmes de sucesso, escreveu livros, compôs poesias, publicou fotos e gravou músicas – mas sempre será lembrado como o meio-vulcano, meio-homem Spock da série original "Jornada nas Estrelas" dos anos 1960 e da franquia de filmes que a sucedeu.

Conhecido por conter as emoções e usar a lógica mais rígida para guiar suas ações, Spock se tornou um dos personagens mais conhecidos e amados da ficção científica da segunda metade do século vinte.

Durante anos, Nimoy se ressentiu por ser limitado a Spock, mas no fim das contas aceitou que sua vida sempre estaria entrelaçada ao extraterrestre que inspirou um culto fervoroso de fãs.   Continuação...

 
Ator Leonard Nimoy fala a moradores na cidade de Vulcan, Alberta. 23/4/2010 REUTERS/Todd Korol