Presidente chinês deixa de lado rancor sobre Hong Kong e dá as boas-vindas a William

segunda-feira, 2 de março de 2015 10:44 BRT
 

Por Ben Blanchard

PEQUIM (Reuters) - O presidente chinês, Xi Jinping, deixou de lado o rancor no país em relação à Grã-Bretanha por causa de Hong Kong e deu as boas-vindas ao príncipe William nesta segunda-feira, quando teve início a primeira visita ao continente de um membro da família real britânica em quase três décadas.

A viagem de William à China é a primeira de um membro da realeza desde que a rainha Elizabeth e seu marido, o príncipe Philip, fizeram uma visita ao país em 1986, e ocorre depois de atritos entre Londres e Pequim sobre as manifestações pró-democracia do ano passado na antiga colônia britânica de Hong Kong.

Durante a recepção em Pequim, no Grande Salão do Povo, William entregou a Xi um convite da rainha para que faça uma visita de Estado à Grã-Bretanha. Xi deverá ir a Londres ainda este ano, em uma viagem que poderia incluir a hospedagem no Palácio de Buckingham.

"A família real britânica tem grande influência não apenas na Grã-Bretanha, mas em todo o mundo", disse Xi a William, depois de lhe perguntar sobre sua mulher o filho que estão esperando.

"Durante muitos anos a família real britânica mostrou interesse e apoio à relação China-Grã-Bretanha e os membros da família real têm feito muito e contribuído positivamente para o intercâmbio e a cooperação entre os nossos países", acrescentou.

William, neto da rainha Elizabeth e segundo na linha de sucessão ao trono, disse a Xi que aguarda com ansiedade a viagem, que incluirá a capital comercial, Xangai, e um santuário de elefantes na província de Yunnan, sudoeste da China.

 
Príncipe William durante visita à Cidade Proibida, em Pequim. 2/3/2015 REUTERS/Rolex Dela Pena/Pool