Ator Harrison Ford fica ferido em acidente com pequeno avião nos EUA, diz site

quinta-feira, 5 de março de 2015 22:01 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Harrison Ford ficou gravemente ferido nesta quinta-feira quando seu avião vintage caiu num campo de golfe em Los Angeles logo depois da decolagem de um aeroporto local, afirmaram o site de celebridades TMZ e a mídia local.

A Reuters não pôde confirmar imediatamente a reportagem do TMZ que disse que Ford, de 72 anos, sofreu vários ferimentos na cabeça na queda ocorrida a 1,6 quilômetro do Aeroporto de Santa Monica e foi levado a um hospital próximo.

"Podemos confirmar que houve um acidente com um avião e que o ocupante do sexo masculino tem entre 65 e 70 anos. Ele foi transportado para um hospital local em condição estável", disse a porta-voz do Departamento de Polícia de Los Angeles, Nuria Vanegas.

"O incidente foi relatado às 14h25, foi falha mecânica do avião, isso que causou o acidente", afirmou Vanegas.

O chefe-assistente do Departamento de Bombeiros de Los Angeles, Patrick Butler, disse a repórteres no local que o avião cortou uma árvore conforme mergulhava no campo de golfe.

Butler disse que o único ocupante do avião estava consciente e respirando na sequência do acidente e foi inicialmente atendido por espectadores antes da chegada de paramédicos, que o levaram para um hospital local em condição "boa a moderada".

Paramédicos "iniciaram a imobilização da coluna vertebral, começaram procedimentos intravenosos e todos os protocolos médicos necessários que fazemos", disse Butler.

Representantes de Ford não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto.

O ator, mais conhecido pelos seus papéis em filmes de grande sucesso como "Star Wars" e "Os Caçadores da Arca Perdida", é um entusiasta de longa data da aviação.   Continuação...

 
Avião se envolve em acidente no Penmar Golf Course, em Venice, na Califórnia, Estados Unidos, nesta quinta-feira. Segundo o site de celebridades TMZ, o piloto era o ator Harrison Ford, que teria ficado gravemente ferido. REUTERS/Lucy Nicholson