Obama diz que não manda mensagens de texto, tuíta ou tem smartphone que grava

sexta-feira, 13 de março de 2015 11:14 BRT
 

Por Jeff Mason

LOS ANGELES (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que não envia mensagens de texto, raramente escreve seus próprios tuítes e não é autorizado a ter um smartphone com capacidade de gravação.

"Eu não tuíto pessoalmente em geral", disse o presidente, na quinta-feira, em entrevista no programa "Jimmy Kimmel Live", da emissora ABC. "Eu não mando mensagens de texto. Mando e-mails. Eu ainda tenho um Blackberry", acrescentou.

Obama disse que suas filhas adolescentes têm smartphones e trocam mensagens com suas amigas, mas que ele foi impedido por razões de segurança de ter a última geração de tecnologia.

Em referência à controvérsia dos e-mails de Hillary Clinton, ex-secretária de Estado de Obama, o apresentador Jimmy Kimmel perguntou se o presidente tinha o novo endereço de e-mail dela.

Hillary, considerada favorita para concorrer à Presidência em 2016, foi criticada por ter usado uma conta de e-mail pessoal durante sua passagem pela chefia do Departamento de Estado.

"Não posso compartilhar com você. Eu acho que ela não ia querer que você tivesse, de verdade", disse Obama, brincando.

Perguntado sobre sua vida em geral na Casa Branca, Obama disse que faz tempo que não cozinha ou dirige, e brincou sobre pessoas que acreditam que ele não nasceu nos Estados Unidos.

"No Quênia nós dirigimos do outro lado" da rua, disse Obama. O presidente nasceu no Havaí, filho de mãe do Kansas e pai do Quênia.

 
Presidente dos EUA, Barack Obama, com o apresentador Jimmy Kimmel durante gravação em Los Angeles.   12/03/2015    REUTERS/Jonathan Ernst