Madonna se envolve em polêmica de Dolce & Gabbana sobre fertilização in vitro

quinta-feira, 19 de março de 2015 15:07 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Madonna somou sua voz à polêmica envolvendo os estilistas Domenico Dolce e Stefano Gabbana, pedindo à dupla para "pensar antes de falar", depois que Dolce descreveu os filhos de casais gays gerados por meio de tratamentos de fertilidade como "sintéticos".

A artista é uma de várias celebridades que criticaram a dupla italiana e publicou uma mensagem no Instagram com uma foto sua e de um bebê da campanha da coleção de inverno 2010/2011 da grife Dolce & Gabbana.

"Todos os bebês contêm uma alma, seja lá como for que venham a esta terra e às suas famílias. Não há nada de sintético em uma alma! Então como vocês podem desdenhar a fertilização in vitro e as barrigas de aluguel?", declarou Madonna.

O astro pop Elton John, que cria com seu marido, David Furnish, duas crianças concebidas por tratamento de fertilidade, repudiou os estilistas por seus comentários e pediu um boicote à sua marca.

Famosos como Victoria Beckham e o cantor Ricky Martin cerraram fileiras com Elton John depois que a revista italiana Panorama publicou as frases de Dolce.

"Você nasce e tem um pai e uma mãe. Ou pelo menos deveria ser assim, e é por isso que não acredito em crianças criadas pela química, em bebês sintéticos, em barrigas de aluguel", disse o siciliano.

Madonna, mãe de quatro filhos e cliente dos estilistas, disse que Deus está em tudo, inclusive na tecnologia.

Em comunicado, Dolce e Gabanna, que já tiveram um relacionamento amoroso e mantêm a parceria comercial, afirmaram nunca ter sido sua intenção julgar as escolhas alheias.

(Reportagem de Patricia Reaney)

 
A cantora Madonna chega à cerimônia do Grammy Awards, em Los Angeles, em fevereiro. 08/02/2015 REUTERS/Mario Anzuoni