Vaticano vai dar a moradores de rua visita VIP pela Capela Sistina

terça-feira, 24 de março de 2015 20:37 BRT
 

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - No mais recente gesto do papa Francisco em benefício dos sem-teto de Roma, o Vaticano disse nesta terça-feira que os desabrigados vão receber um tour privilegiado para conhecer seus museus e a Capela Sistina.

Cerca de 150 moradores de rua que frequentam a área do Vaticano – onde o papa Francisco já arranjou a instalação de chuveiros para que pudessem tomar banho – vão participar da visita a ser realizada na quinta à tarde, de acordo com o jornal do Vaticano L’Osservatore Romano.

Eles vão ingressar no Vaticano por meio de uma entrada que costuma ser reservada a prelados e funcionários, passarão através do alojamento em que Francisco mora e poderão desfrutar de uma vista privilegiada da parte de trás da Basílica de São Pedro e dos jardins do Vaticano.

Os museus, visitados por cerca de seis milhões de pessoas por ano, que pagam ao menos 16 euros de entrada, fecharão mais cedo para que os moradores de rua possam receber um tratamento diferenciado na Capela Sistina, onde ficam os famosos afrescos de Michelangelo.

Francisco, que era conhecido como “bispo das favelas” em sua Buenos Aires natal por causa das frequentes visitas a áreas pobres da cidade, fez da preocupação com os pobres uma das principais preocupações de seu papado.

(Reportagem de Philip Pullella)