Rei inglês Ricardo 3º ganha novo sepultamento após 530 anos

quinta-feira, 26 de março de 2015 13:12 BRT
 

Por Michael Holden

LEICESTER, Inglaterra (Reuters) - Ricardo 3º, o último rei inglês morto em batalha e cujos restos foram encontrados sob um estacionamento três anos atrás, foi sepultado novamente nesta quinta-feira em uma cerimônia que a atual rainha disse ter “grande significado internacional”.

Descrito por Shakespeare como um corcunda sádico e astucioso, Ricardo 3º foi enterrado na Catedral de Leicester, no centro da Inglaterra, quase 530 anos depois de ser morto na Batalha do Campo de Bosworth no dia 22 de agosto de 1485.

Após o combate, seu corpo nu foi posto no lombo de um cavalo, levado à cidade vizinha de Leicester e enterrado em uma cova simples.

Na cerimônia discreta desta quinta-feira, ele foi sepultado pela segunda vez com as homenagens que seus apoiadores modernos dizem terem sido negadas a ele pelo homem que o derrotou, Henry Tudor, mais tarde conhecido como Henrique 7º.

“O novo enterrro do rei Ricardo 3º é um evento de grande significado nacional e internacional”, declarou a rainha Elizabeth em uma mensagem.

“A descoberta de seus restos mortais em Leicester foi descrita como um dos achados arqueológicos mais significativos da história deste país”.

Apesar de só ter reinado durante 777 dias, ele ainda fascina não somente historiadores, mas pessoas comuns de todo o mundo, algumas das quais viajaram à Grã-Bretanha para testemunhar o acontecimento.

“Ele parece um herói para alguns e um vilão para outros”, escreveu David Monteith, deão de Leicester, em um prefácio à ordem de serviço lida nesta quinta-feira.   Continuação...

 
Flores deixadas na base da estátua do Rei Ricardo 3º na catedral de Leicester, na Inglaterra.  22/03/2015   REUTERS/Suzanne Plunkett