‘Cada um na sua casa’ supera expectativas e fatura US$ 54 milhões em estreia

domingo, 29 de março de 2015 15:50 BRT
 

Por Brent Lang

LOS ANGELES (Variety.com) - Jeffrey Katzenberg deve estar respirando um enorme suspiro de alívio depois que o aguerrido chefe da DreamWorks Animation conquistou uma necessária vitória nas bilheterias com o lançamento de “Cada um na sua Casa”.

A animação família foi o grande destaque das bilheterias no final de semana, chegando ao valor de 54 milhões de dólares, superando com facilidade as previsões entre de entre 30 milhões de dólares e 35 milhões de dólares. Esta é uma das melhores estreias do estúdio para um filme original e a maior delas desde “Madagascar 3: Os Procurados”, que faturou 60,3 milhões de dólares em sua estreia, em 2012.

O estúdio sofreu uma série de fracassos com “Turbo” e “As Aventuras de Peabody & Sherman”, assim como a venda para a Hasbro and SoftBank que não se concretizou.

“Cada um na sua Casa” será o único filme lançado este ano pela empresa, então, as expectativas em relação ao filme sobre uma invasão alienígena eram altas e o escrutínio foi intenso.

“Cada um na sua Casa” custou 130 milhões de dólares para produzir e foi lançado em 3.708 cinemas. A Fox é a distribuidora da animação.

“Você tem de dar algum crédito para o filme”, disse Chirs Aronson, chefe de distribuição doméstica da Fox. “É uma história original com coração, ação e humor, todos os elementos com os quais as pessoas querem ser entretidas.”

O sucesso do filme pode ser refletido no preço das ações da DreamWorks Animation. As ações da companhia fecharam na sexta-feira com um aumento de 3 por cento, a 22,68 dólares, e continuaram a subir nas negociações 'after hours' com o forte resultado nas bilheterias.

Os resultados de “Cada um na sua Casa” dão continuidade ao que parece ser um ano forte para filmes famílias, depois de “As Aventuras de Paddington” e “Bob Esponja: Um herói fora d’água” terem se transformado em um negócio impressionante ao apelar para pais e crianças.

“Você tinha pais conversando uns com os outros e dizendo que era um bom filme para crianças e isso é suficiente para algo ser bem-sucedido”, disse Phil Contrino, vice-presidente e analista da BoxOffice.com.

“Com filmes voltados para a família, pode ser festa ou fome, e este ano tem sido um monte de festa.”