Morre escritor alemão Guenter Grass, autor de "O Tambor", aos 87 anos

segunda-feira, 13 de abril de 2015 10:25 BRT
 

Por Erik Kirschbaum e Stephen Brown

BERLIM (Reuters) - O escritor alemão Guenter Grass, ganhador do prêmio Nobel e autor do drama épico da era nazista "O Tambor", morreu nesta segunda-feira aos 87 anos, disseram seus editores.

Grass ignorou a tradição alemã de manter uma distância intelectual, insistindo que o dever do escritor era estar na linha de frente do debate moral e político.

Para muitos, ele era a voz de uma geração alemã criada na Segunda Guerra Mundial que suportou o peso da culpa de seus pais pelas atrocidades dos nazistas, embora a revelação tardia, em 2006, de que tinha servido na Waffen-SS nazista quando adolescente tenha lançado algumas dúvidas sobre sua autoridade moral.

Grass nasceu na cidade portuária do báltico de Danzig, hoje Gdansk, na Polônia, em 1927, e grande parte de sua ficção se passa na cidade. Ele morreu em um hospital de Luebeck, perto de sua casa no norte da Alemanha. Os editores não deram detalhes sobre a causa da morte.

Embora louvado como um inovador literário por seu estilo realista mágico, Grass se utilizava mais das plataformas públicas para transmitir suas ideias sobre assuntos como energia nuclear e a responsabilidade histórica alemã do que para discutir o processo de escrita de romances.

Experiente militante de esquerda, Grass era uma figura imponente nos esforços da Alemanha Ocidental para manter as portas abertas para os governos comunistas do leste durante a Guerra Fria.

O autor teve um relacionamento turbulento com o Partido Social Democrata, de centro-esquerda, criticando quando o partido se juntou ao governo conservador nos anos 1960, mas fez campanha para Willy Brandt, o primeiro chanceler pós-guerra do partido no anos 1970.

O líder do Partido Social Democrata e vice-chanceler alemão, Sigmar Gabriel, disse que, com a morte de Grass, "perdemos um dos escritores mais importantes da história alemã pós-guerra e um autor engajado e militante da democracia e liberdade".   Continuação...

 
Escritor alemão Guenter Grass durante encontro na Polônia.  13/04/2015  REUTERS/Dominik Sadowski/Agencja Gazeta