Instrutor de direção morre em acidente em atração com carros esportivos na Disney

segunda-feira, 13 de abril de 2015 15:20 BRT
 

Por Barbara Liston

ORLANDO (Reuters) - O passageiro morto em um acidente de carro em uma atração com carros esportivos no Walt Disney World foi identificado como um instrutor de direção que estava na Lamborghini que bateu na mureta depois que o motorista perdeu o controle, de acordo com a Patrulha Rodoviária da Flórida.

O instrutor era Gary Terry, de 36 anos, um experiente gerente de operações da atração Exotic Driving Experience, segundo a polícia. Terry morreu no local do acidente.

O motorista, Tavon Watson, de 24 anos, foi levado ao hospital com ferimentos leves.

A velocidade estimada no acidente era de 160 km/h, de acordo com a patrulha rodoviária.

A atração Exotic Driving Experience é administrada pela empresa Petty Holdings, sediada na Carolina do Norte, que negocia produtos licenciados sob o nome do ex-piloto da Nascar Richard Petty.

Não é necessário ter experiência como piloto para guiar os carros esportivos da atração, que conta ainda com Ferraris, Audis, Nissans e Porsches, de acordo com o site dos organizadores. A velocidade máxima varia dependendo da experiência do piloto, localização e outros fatores.

Um instrutor de direção profissional fornece orientações sentado no banco do passageiro, de acordo com o site.

"Não há pedais ou volante (no lado do instrutor no carro)", disse a porta-voz Lauren Swoboda. "Há um controle de aceleração."   Continuação...