Sony Pictures condena WikiLeaks por divulgação de documentos de hackers

quinta-feira, 16 de abril de 2015 17:29 BRT
 

LOS ANGELES, Estados Unidos (Reuters) - A Sony Pictures Entertainment se manifestou contra a divulgação pelo site WikiLeaks de mais de 300 mil documentos que foram obtidos por hackers em uma grande invasão dos sistemas da companhia no ano passado.

"O ciberataque à Sony Pictures foi um ato criminoso e condenamos fortemente a indexação de informações roubadas e dados de funcionários e informação privilegiadas no WikiLeaks", afirmou a companhia em comunicado.

(Por Lisa Richwine)