Com apoio de príncipe saudita, James Murdoch pode assumir comando da Fox

terça-feira, 21 de abril de 2015 13:19 BRT
 

Por Jennifer Saba

(Reuters) - O príncipe saudita Alwaleed bin Talal não tem dúvida de que James Murdoch pode desempenhar um papel muito maior na Twenty-First Century Fox, de longe a maior fatia do império midiático que seu pai, Rupert Murdoch, construiu.

"James é um gigante!", afirmou Alwaleed, aliado da família Murdoch e um dos maiores acionistas da Fox, com uma fatia de 6,6 por cento das ações da empresa, em uma entrevista. Alwaleed enfatiza especialmente o que diz ser o talento de James para entender como o mundo digital está transformando o ambiente midiático, acrescentando: "Eu realmente o adoro!"

O aval do príncipe bilionário – e a aceitação de James por parte dos outros acionistas – pode abrir caminho para a Fox entregar o controle do conglomerado ao executivo de 42 anos mais cedo do que o esperado.

Uma pessoa ciente do pensamento na família diz que James, que atualmente é co-chefe de operações juntamente com Chase Carey, pode assumir totalmente as funções de Carey – que acumula o cargo de presidente – já no final deste ano.

Mas a fonte alertou que a mudança não foi formalizada e que pode estar sujeita a um adiamento. Tampouco está claro que cargo James ocuparia ou se há algum possibilidade de Rupert Murdoch, de 84 anos, abdicar da posição de diretor-executivo da Fox em seu favor no futuro próximo.

O contrato de Carey vence em 30 de junho de 2016, mas ele pode deixar a empresa ainda no final do ano com seis meses de aviso prévio.

A Fox não quis comentar, e James Murdoch não quis dar entrevista para a reportagem.