Chef Michael Anthony e restaurante Blue Hill se destacam em prêmio gastronômico James Beard

terça-feira, 5 de maio de 2015 11:46 BRT
 

Por Richard Leong

(Reuters) - Michael Anthony, da venerada Gramercy Tavern da cidade de Nova York, foi eleito o melhor chef dos Estados Unidos pela James Beard Foundation na segunda-feira, e o Blue Hill, do Centro Stone Barns, que fica ao norte da grande metrópole e foi pioneiro do movimento “da fazenda para a mesa”, ficou com o prêmio de melhor restaurante.

Na maior noite do ano para a indústria gastronômica dos EUA, chefs e restaurantes de Nova York ficaram com as maiores honrarias. Christina Tosi, do Momofuku Milk Bar, foi agraciada por seus doces notáveis, e Jim Lahey, da Sullivan Street Bakery, se tornou o primeiro ganhador do prêmio concedido pela fundação a um padeiro. O Batard foi lembrado como o melhor restaurante novo.

A fundação comemorou o 25º aniversário de sua premiação anual de valorização da excelência culinária realizando a cerimônia fora de Nova York pela primeira vez – Chicago sediou o evento deste ano e o fará nos dois próximos.

Representando a nova sede, Donnie Madia foi eleito como o melhor gerente de restaurante. Sua organização One Off Hospitality Group administra uma série de restaurantes aclamados, como o Blackbird e o Avec. Jessica Largey, que trabalha no Manresa de Los Gatos, na Califórnia, estabelecimento com duas estrelas no Guia Michelin, foi escolhida “estrela em ascensão” por ser a chef mais promissora.

No prêmio mais cobiçado, o de melhor chef, Anthony derrotou Sean Brock, do Husk de Charleston, na Carolina do Sul; Suzanne Goin, do Lucques de Los Angeles; Donald Link, do Herbsaint de Nova Orleans e Marc Vetri, do Vetri, na Filadélfia. Na semana passada, Anthony abriu seu primeiro restaurante, o Untitled, no novo Whitney Museum of American Art de Nova York, depois de passar uma década como chef da Gramercy Tavern, que já tem 21 anos de existência e é conhecida por sua cozinha norte-americana de elite.

O Blue Hill é um destino preferencial dos que cultuam a onda “da fazenda para a mesa”, capitaneada pelo chef e proprietário Dan Barber. O restaurante está localizado em um celeiro convertido de Pocantico Hills, onde Barber utiliza carnes e vegetais produzidos em Stone Barns e em fazendas próximas. Barber foi eleito o melhor chef dos EUA em 2009.