Com final de série “Mad Men”, criador diz que ficará longe da Internet

segunda-feira, 18 de maio de 2015 19:52 BRT
 

Por Mary Milliken

LOS ANGELES (Reuters) - Para Matthew Weiner, criador da série “Mad Men”, esta segunda-feira é o dia para começar “oficialmente” a descansar e ficar longe da Internet, enquanto ele contempla as minguantes luzes do show de televisão que ocupou sua vida pelos últimos oito anos. 

“Tudo isso excedeu todos os meus sonhos de infância, honestamente”, disse Weiner na projeção de domingo à noite do último capítulo da série, em Los Angeles, cercado pelo elenco, por membros da equipe e por fãs do drama da rede AMC sobre o obscuro publicitário Don Draper, ambientado nos Estados Unidos dos anos 1960. 

“Espero acordar me sentindo um pouco diferente”, disse ele à Reuters. “Eu não vou para a Internet, posso lhe dizer isso. Eu fiz essa promessa a mim mesmo.”

Aqueles que conhecem o diretor e roteirista de 49 anos dizem que essa promessa vai provavelmente durar meia hora, antes de ele ceder à tentação de ver as críticas ao episódio de número 92 da saga. 

“Sem chance de que ele não vá ler as críticas”, disse Bob Levinson, co-produtor e consultor de marketing para o show. “Ele tem que saber o que vão dizer.”

 
Matthew Weiner participa de evento em Los Angeles. 17/5/2015. REUTERS/Phil McCarten