Polícia investiga furto de cópia do novo “Cinquenta Tons” antes do lançamento

quarta-feira, 10 de junho de 2015 11:05 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A polícia está investigando relatos de que uma cópia de "Cinquenta Tons de Cinza", o último romance de E. L. James, foi furtada apenas uma semana antes da publicação, informou a editora britânica Random House nesta quarta-feira.

Uma empresa de publicidade que representa a Random House disse que o mais recente de uma série de romances eróticos de enorme sucesso de E. L. James será publicado, como previsto, em 18 de junho, que é o dia do aniversário do personagem Christian Grey.

"Nada mais temos a comentar já que há uma investigação policial em curso", diz o comunicado.

Notícias sobre o furto do livro já vinham circulando, aumentando os temores de que poderia ter vazado ou que trechos poderiam ter sido vendidos para a mídia.

A trilogia sobre a relação erótica entre uma estudante universitária, Anastasia Steele, e o magnata dos negócios Grey, é uma das séries de maior sucesso na história editorial, com mais de 125 milhões de exemplares vendidos.

A trilogia é contada basicamente do ponto de vista de Anastasia, mas a escritora disse que o novo livro analisa o caso do ponto de vista de Grey.

(Reportagem de Michael Roddy)

 
Diretora Taylor-Johnson, atores Jamie Dornan e Dakota Johnson, e autora E. L. James na pré-estreia do filme "50 Tons de Cinza". 12/02/2015 REUTERS/Paul Hackett