Vilão memorável do cinema, ator Christopher Lee morre aos 93 anos

quinta-feira, 11 de junho de 2015 11:26 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O ator britânico Christopher Lee, que dedicou sua longa carreira a interpretar vilões em filmes de terror e mais tarde atuou nas cultuadas sagas “Star Wars” e “Senhor dos Anéis”, morreu aos 93 anos.

Lee faleceu no domingo passado em um hospital onde tratava de problemas respiratórios, disseram reportagens da mídia britânica. Em um comunicado por e-mail, seu agente declarou que sua família “não quer comentar”.

Christopher Frank Carandini Lee nasceu em 27 de maio de 1922 e começou a atuar por sugestão de um primo depois de servir na Força Aérea Real durante a Segunda Guerra Mundial.

O ator nascido em Londres fez fama entre o final dos anos 1950 e os anos 1970 vivendo personagens como Drácula, o monstro de Frankenstein e a Múmia nas produções da Hammer Films.

Com sua voz grave e melodiosa e seu 1,93 metro de altura, Lee foi o último astro de filmes de terror em língua inglesa de uma linhagem que remonta à lenda do cinema mudo, Lon Chaney, e inclui Bela Lugosi, Boris Karloff, Vincent Price e Peter Cushing, colegas de elenco frenquentes de Lee na Hammer Films.

Muitos diretores de ponta recorreram ao seu talento, especialmente na fase final de sua carreira.

Ele encarnou o diabólico gênio criminoso Fu Manchu em cinco filmes, o vilão Scaramanga em “O Homem da Pistola de Ouro”, da franquia 007, em 1974, e, em um raro desvio dos papéis malvados, deu vida ao detetive Sherlock Holmes em alguns filmes.

Lee conquistou novas gerações de fãs após a virada do século graças a alguns dos maiores sucessos de bilheteria da história do cinema. Ele deu corpo ao Conde Dooku, que combateu os cavaleiros Jedi em “Star Wars: Episódio II – O Ataque dos Clones" (2002) e “Star Wars: Episódio III – A Vinganças dos Sith” (2005).

Lee também viveu Saruman, o mago sedento de poder da trilogia “Senhor dos Anéis”, do diretor Peter Jackson, em 2001, 2002 e 2003, e em “O Hobbit: Uma Jornada Inesperada” (2012) e “O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos” (2014).

Durante o período de grande atividade do final de sua carreira, ele ainda apareceu em “A Invenção de Hugo Cabret”, produção de 2011 de Martin Scorsese, e em “Sombras da Noite”, comédia de humor negro de Tim Burton estrelada por Johnny Depp, em 2012.

(Por Stephen Addison e Michael Roddy)

 
Ator Christopher Lee em Berlim  9/2/2012 REUTERS/Fabrizio Bensch