Taylor Swift não disponibilizará álbum “1989” em novo serviço de música da Apple

sexta-feira, 19 de junho de 2015 20:33 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A cantora pop Taylor Swift não tornará seu bem-sucedido álbum “1989” disponível para o novo serviço de streaming de música da Apple, informou o selo da artista nesta sexta-feira. 

O Apple Music, que será lançado no fim de junho, oferecerá a assinantes um grande catálogo de músicas por uma assinatura mensal de 10 dólares - mas o quinto álbum de estúdio de Taylor não será oferecido em qualquer serviço de streaming, informou o selo Big Machine Group.

Representantes da Apple não responderam a pedidos por comentários.

Taylor retirou todo seu catálogo de músicas da plataforma online Spotify em novembro último e se recusou a oferecer seu mais recente álbum, “1989”, em serviços de streaming, dizendo que esse modelo de negócios havia “afundado os números de vendas de álbuns drasticamente”.

A medida, embora arriscada, compensou para a cantora de 25 anos, já que “1989” teve a maior estreia de 2014, vendendo mais de 4,9 milhões de álbuns nos EUA desde seu lançamento em outubro. 

O catálogo de músicas antigas de Taylor permanece disponível em serviços pagos de streaming, segundo o selo.

(Por Piya Sinha-Roy)

 
Cantora Taylor Swift durante premiação da Billboard em Las Vegas.   17/5/2015. REUTERS/L.E. Baskow