Artista britânico Allen Jones volta a enfocar modelo Kate Moss em nova exposição

quarta-feira, 25 de novembro de 2015 15:04 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O artista pop britânico Allen Jones voltou a usar a supermodelo Kate Moss como tema em sua exibição mais recente em Londres, colocando a forma feminina no centro das atenções novamente em esculturas que vão do realista ao abstrato.

O artista de 78 anos vem explorando a figura feminina em seu trabalho há meio século, e algumas de suas obras iniciais, como "Hatstand", "Table" e "Chair" geraram polêmica por sua carga sexual.

"Não estou nada interessado em chocar as pessoas, estou bastante interessado em chocar a arte", disse Jones durante uma prévia da mostra "Colour Matters" à imprensa.

"De uma forma ou de outra, ficou claro para mim cerca de 45 anos atrás que era a figura que realmente me preocupava, e retratá-la e os relacionamentos que as figuras podem ter umas com as outras é... basicamente meu tema principal".

Jones também é conhecido pela obra "Body Armour", de 2013, um retrato de Kate Moss vestindo uma escultura de gesso em forma de corpo que ele criou em 1978. Ele também produziu pinturas e outras esculturas da modelo, e a mais recente delas, "A Model Model", feita de aço inoxidável polido e resina, está na exibição.

Jones afirmou que Kate se tornou seu tema por acidente. "Eu não escolhi Kate (Moss). Um colecionador que estava envolvido com Kate, e obcecado por ela, na verdade, me escolheu".

(Por Helena Williams)

 
Escultura A Model Model (2015), do artista Allen Jones, na exposição "Colour Matters", em londres.  24/11/2015.  REUTERS/Neil Hall