Bill Cosby processa sete mulheres em caso de difamação

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015 19:36 BRST
 

Por Scott Malone

BOSTON (Reuters) - O ator e comediante Bill Cosby entrou com um processo nesta segunda-feira contra sete mulheres que o acusaram de difamá-las, dizendo que elas mentiram quando o acusaram de abuso sexual.

O processo, apresentado em Massachusetts, nos Estados Unidos, alega que as mulheres difamaram a sua “reputação e legado honrados” ao acusá-lo de abuso sexual.

Mais de 50 mulheres já se apresentaram para acusar o ator de atacá-las sexualmente depois que ele lhes deu drogas e álcool.

Cosby tem negado as acusações e nunca foi indiciado. Muitos dos supostos incidentes ocorreram há décadas, e, dessa forma, o prazo para a entrada de um processo já se esgotou.

“Com base somente em acusações sem substância, as rés têm se dedicado a uma campanha para assassinar a reputação e o caráter de Cosby, deliberadamente, maliciosamente e falsamente acusando Cosby de suposto abuso sexual de muitas décadas atrás”, disse o advogado do ator de 78 anos no documento judicial que acusa as mulheres.

 
Bill Cosby durante peça em Denver.  17/1/2015.   REUTERS/Barry Gutierrez